Domingo, 26 de Agosto de 2007

E o Inferno está a chegar!!!

 

 

Pois é, podem preparar-se o "Inferno" vai chegar a Portugal...

 

 

Regresso marcado para 8 de Outubro, pelas 11 horas da manhã, no aeroporto de Pudong.

 

 

Chegada no mesmo dia, cerca das 21:30, ao aeroporto da Portela.

 

 

Já estão com medo???

 

 

Beijocas!!!

 

 

sinto-me: Aqui vou eu não tarda nada!!!
publicado por laracroftemxangai às 11:57
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Milo a 26 de Agosto de 2007 às 18:09
Pois vou ter pena de não te poder dizer welcome home ' mas desta vez sou eu que vou partir!
Moçambique fica mais perto que a China por isso espero a tua visita por lá !
dia 5 de Setembro, cerca das 19:30, no aeroporto da Portela.
beijos
De laracroftemxangai a 27 de Agosto de 2007 às 03:10
Eu tenho pena de não te poder dizer "see you later "... Acho que me vou fazer de convidada a um passeio por Moçambique... Ainda falamos antes de ires, mas desde já te digo que fico contente, porque sei que se vais bem acompanhada e feliz. Beijocas grandes.
De M.M. a 28 de Agosto de 2007 às 14:11
Olá Florzinha!
A notícia chegou. De chofre, pelo telefone. Pestanejei. Quase não acreditava. China? Onde é? A noção da distância diluía-se, tão longe me parecia, tão inacessível! O espírito recusava-se a recordar o mapa e localizar tal país. A China era o destino, e Xangai a cidade perdida entre montanhas, planícies, florestas, desertos. Comentei com a família, os amigos. Disseram-me que era bom. Seria?
Começaram os preparativos. Estudaste as comunicações, preparaste pormenores, as roupas, o passaporte e não esqueceste complementar a bagagem com alguns desses mimos a que estavas habituada e que não irias encontrar em Xangai. Os dias que antecederam a viagem foram de grande azáfama. As saudades eram já muitas e ainda não havias partido. O nó na garganta era uma constante, não me deixava, embargava-me a voz.
O dia, finalmente, chegou. Viagem para Lisboa, o aeroporto, o embarque e o avião que levantou, majestoso, enorme, roncando, rompendo os céus.
Depois veio a espera, sempre angustiante, por notícias. De Londres, primeiro, de Xangai mais tarde. Havias chegado bem, isso era o mais importante. Alguém te tinha ido esperar ao aeroporto de acordo com prévia combinação. Ficámos mais sossegados, mais confiantes.
As primeiras impressões da cidade, o alojamento foram as notícias seguintes. As peripécias sucederam-se a velocidade estonteante. A alimentação, os costumes, o idioma, a deslocação para a empresa, os transportes, os táxis, o rio, o tempo, a procura de novas instalações, o fuso horário, enfim toda uma adaptação à nova realidade num país tão distante, tão diferente do que estavas habituada. Com alguns precalços tudo isso foste ultrapassando, sistematicamente, com espírito matemático. Sentimos orgulho. Estavas só mas, conseguiste. Os pormenores foram chegando. Era difícil imaginar, pelas descrições que fazias, entusiasmada algumas vezes, triste, outras, a vida nessas paragens longínquas.
Tudo passa se a vida dura, diz o ditado e é bem verdade. A rotina acabou por se instalar. As notícias, diárias, iam chegando com os pormenores da cidade, da cultura ancestral, dos costumes tão diferentes e aos quais é difícil a adaptação de uma ocidental que tanto preza o conforto a que se habituara ao longo de pouco mais de uma vintena de anos.
O teu entusiasmo por alguns aspectos das tuas descrições e, sobretudo, as saudades, foram o mote para encararmos uma visita a essas paragens. Nova azáfama, mais preparativos e, depois de uma viagem que parecia não ter fim, chegámos a esses confins. A alegria do reencontro foi enorme. Corria Maio, o mês das flores, do sol, da primavera no nosso rincão. Aí sentimos o “peso” de um ambiente diferente. Experimentámos o comboio de alta velocidade, os cheiros da cidade, a vista dos arranha-céus. Vimos onde vivias, a labuta diária de milhões de autóctones que em certos espaços e sob determinados ângulos mais pareciam formigas. Preparaste um périplo por algumas cidades de fama mundial e fomos a Pequim. Extasiados, pequeninos perante tanta grandeza, apreciámos a Grande Muralha. Hong Kong deixou-nos maravilhados. Macau, uma preciosa pérola da nossa cultura no oriente, não nos deixou indiferentes. Visitámos museus, ruas, experimentámos sabores da dieta oriental. Tudo era novidade. E, em todo esse tempo, tivemos oportunidade para apreciar o modo como te encontravas inserida no meio, a desenvoltura com que resolvias todas as situações que aconteciam. Foi muito bom saber que conseguias resolver problemas. Ficámos psicològicamente menos afectados com a tua estadia em paragens tão distantes. As fotos essas são recordações inolvidáveis de uma viagem que, muito provavelmente não se repetirá. Guardamo-las com carinho.
Ao longo destes quase nove meses acompanhámos o teu trajecto as tuas vitórias, os teus momentos bons e o reversos destes. O tempo de permaneceres nas terras dos “olhos em bico” está quase a terminar. Não podia passar sem escrever este pequeno resumo de memórias que me acompanham permanentemente.
Só desejo que os dias que faltam se esgotem bem depressa para te ter de volta ao seio do lar que tanto aprecias, dos sabores tão caraterísticos dos nossos petiscos, do nosso sol e do nosso frio, da nossa vila, enfim, da nossa vida …
Esperamos ansiosamente por ti!
M.M.
De Susana Geraldes a 4 de Setembro de 2007 às 09:43
Olá. Sei que estive algum tempo sem dar notícias mas estive de férias... Bem merecidas que elas foram... Mas isso não interessa nada... O que realmente interessa é que estás quase de volta... E chegas a tempo de festejar os aninhos cá... Desejo-te uma óptima viagem de volta... Nós cá estaremos a tua espera... Beijokas muito grandes...
De Guida a 8 de Setembro de 2007 às 01:05
olá linda!
Ainda bem que estás de volta a casa...é verdade já se passaram 9 meses...
Desculpa não ter falado contigo mas estou a trabalhar numa clinica de fisioterapia na covilhã e como já saio tarde já não te apanho acordada...mas em breve vamos falar pessoalmente...tenho é que marcar um dia na tua agenda...sim sim vais ter de visitar muita gente por isso posso marcar já...
Beijocas grandes!!!

Comentar post

Eu sou assim!!!

As ultimas!!!

O FIM!!!

O Festival da Lua Cheia!!...

Devem ser umas chatas... ...

8 MESES!!!

Vou mesmo sentir o poder ...

Um dia importante!!!

Este é para os apreciador...

A internet e a censura po...

E o Inferno está a chegar...

Os aniversariantes do dia...

Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Ja foi!!!

Vao ver!!!